21 885 47 30 | geral@forum.pt

O Sol da Caparica arranca sob o signo da diversidade

 O Sol da Caparica será marcado pela diversidade com um cartaz que percorre a distância considerável entre o fado e o rock, a kizomba e o r&b, a canção de recorte clássico e o hip hop. A festa, diz-nos este festival, é mesmo para todos. No cartaz destaca-se o nome do veterano Jorge Palma. O homem de Só vai mesmo estar só em palco para um concerto íntimo e especial recheado de grandes canções. Mas Filipe Catto, Carminho, Silva, Linda Martini e os clássicos do punk rock nacional Peste & Sida também vão trazer grandes canções, em português de vários sotaques pois claro. E para os que gostam de se apaixonar em concertos,as presenças de Anselmo Ralph, Virgul ou Calema serão certamente imperdíveis e cheias de bons momentos para dançar mais agarradinhos. A energia será a palavra de ordem nas apresentações dos Paus e Linda Martini, dois nomes incontornáveis da nossa geração indie.E, para terminar o dia em beleza, nada como deixar-se levar pelas escolhas de Deejay Kamala, um dos embaixadores maiores do hip hop e sonoridades urbanas nas noites nacionais.

Embaixada hip hop marca segundo dia d’O Sol da Caparica

O cartaz do segundo dia da edição 2018 d’ O Sol da Caparica mantém a toada de diversidade que caracteriza o evento, com espaço para cantautores e lendas pop rock nacionais, nomes fortes da cena kizomba internacional e até música de dança de recorte disco sound, mas tem, sobretudo, uma grande embaixada hip hop a representar os gostos da nova geração. Piruka, Jimmy P, Bispo, Deau e Wet Bed Gang representam diferentes sensibilidades desta cultura das rimas, com nomes a estenderem-se entre o norte e o sul do país e a somarem entre todos números assombrosos nas plataformas de streaming, graças aos êxitos que se agigantam nas gargantas de toda uma geração. São eles os novos heróis que todos ouvem e que todos querem cantar. Mas a história elétrica nacional também estará muito bem representada nesta segunda jornada d’ O Sol da Caparica com concertos muito especiais de um dos expoentes do rock nacional Frankie Chavez e das lendas UHF e GNR, dois nomes que remetem diretamente para o grande boom do rock no arranque dos anos 80 e que mantêm intacta a aura e a qualidade que os elevou a figuras incontornáveis da nossa história musical. Miguel Araújo, por outro lado, é um dos descendentes desse impulso de cantar em português que rendeu êxitos transversais nos últimos anos, transformando-o
num verdadeiro fenómeno do presente: é campeão nas playlists das mais importantes rádios e esgota frequentemente as mais importantes salas nacionais. Já Djodje e Moullinex prometem, cada um, muita agitação de corpos ainda que a velocidades diferentes. Lá está a diversidade que só parece existir – e dançar-se... – n’ O Sol da Caparica

Mil e uma paisagens musicais marcam o terceiro dia de festival!


O último dia de concertos n’ O Sol da Caparica, sábado 18 de agosto, será recheado de grandes propostas que apontam para muitas paisagens musicais e que convidam a diferentes tipos de celebração: Os Expensive Soul e Amor Electro são, cada um à sua maneira, dois dos mais importantes nomes da pop nacional, autores de hits radiofônicos que gerações encaram como emblemas: “O Amor é Mágico” ou “A Máquina” irão certamente unir as vozes n’ O Sol da Caparica. Por outro lado, Sara Tavares ou Rodrigo Leão têm sido verdadeiros embaixadores de Portugal no mundo: Sara tem em Fitxadu um dos mais ambiciosos registos da sua carreira e Rodrigo Leão assinala este ano 25 anos de carreira a solo, com uma série de concertos especiais: e um dos mais importantes terá lugar aqui mesmo, na Caparica. Ana Bacalhau, João Gil com um palco recheado de amigos, Carolina Deslandes, Via ou April Ivy são tudo nomes que, de formas muito diferentes, nos têm dado canções que servem de banda sonora a todos os momentos, daquelas que se agarram à memória, às playlists, às paixões. A Orquestra Bamba Social com Tiago Nacarato ajudará igualmente a uma festa que só terminará noite dentro com os hits dos DJs Rich & Mendes, da RFM.

A Forum Estudante tem 15 entradas para te oferecer para este festival. Cinco para cada dia. A cada 45 participações oferecemos um bilhete para cada um dos dias.

Poderás levantar o teu bilhete, mediante identificação no local a partir de dia 13 de Agosto, na Porta-Mar (Cruzamento Rua Catarina Eufémia/Rua Manuel Agro Ferreira), das 15h às 21h.

Preenche o formulário corretamente e participa

Boa sorte

*este passatempo terminou

Vencedores 16 de agosto

Joana Castilho Duarte Gato
Vanessa Alexandra Campos Matos
Telma Alexandra Costa Sá Ramalho
Gonçalo Nuno Borrego Silva
Marco José Castro Moura


Vencedores 17 de agosto

Maria Bela Boavida Correia Ferreira Borrego
Ana Maria Horta Seno Martins
Rosa Dafne Fonseca Lourenço
Carolina Santos
Ana Carolina Carranso Madeira

Vencedores 18 de agosto

Ana Maria Horta Seno Martins
Ana Matilde Gomes Jesus Pereira
Hugo Alexandre Madeira Nunes Passinhas
Tânia Isabel Sousa Silva
Bruna Lobo

Condições: Apenas serão atribuídos prémios a residentes em Portugal e somente um prémio por pessoa e morada em cada passatempo. Só será aceite, de cada concorrente, uma participação por dia. O não preenchimento correto do formulário de participação leva à desclassificação do participante. Os vencedores residentes na área da grande Lisboa, terão de levantar o prémio na nossa sede em Lisboa. Aos restantes, os prémios são enviados via CTT. Após notificação, os vencedores têm um prazo de 15 dias para reclamar o prémio. Os prémios devolvidos não serão reenviados.

A idade máxima de participação é de 25 anos inclusive, a confirmar por documento de identificação. Vencedores de concertos ou antestreias de filmes serão notificados por email quanto ao acesso ao prémio.

 
 
{module PUB_3}
Pub Ano Nacional da Colaboração
Pub Rhodes Entertainment - Festival de Inverno
Pub Futurália
Últimas - Terminados
Terminados
03 Janeiro 2019
Terminados
30 Novembro -0001