FCH-Católica lança Pós-Graduação em Comunicação em Saúde

  

imagem Comunicação em Saúde

A Escola de Pós-Graduação e Formação Avançada da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa anuncia a criação do curso Comunicação em Saúde. Com início a 7 de janeiro, a nova Pós-Graduação é um programa interdisciplinar que juntará profissionais das Ciências da Comunicação, Ciências Psicológicas e Ciências da Saúde.

 

A comunicação em saúde é hoje central em áreas como a prevenção de doenças e a promoção da saúde e de estilos de vida saudáveis. "Comunicar não é apenas transmitir informação, mas implica necessariamente uma dimensão relacional que tem de ser tida em conta pelos profissionais que atuam na área da saúde. Esta Pós-Graduação pretende familiarizar os participantes com as diferentes técnicas e instrumentos de comunicação que têm ao seu dispor de modo a que os possam utilizar de modo mais eficaz" refere Nelson Ribeiro, diretor da FCH e coordenador científico da nova formação.

"Comunicar implica o dever de ouvir, de envolver os cidadãos, de adaptar a comunicação aos seus interesses, às suas necessidades e à sua linguagem. O dever de comunicar em saúde não termina por isso quando o cidadão recebe informação. O comunicador deve assegurar uma adequada avaliação e compreensão da informação" acrescenta Rui Gaspar, coordenador executivo da Pós-Graduação.

Esta formação, com a duração de 150 horas, nasce assim com o objetivo de potenciar competências em profissionais que estejam ou pretendam estar na primeira linha de contacto com os cidadãos, em diferentes níveis de comunicação sendo por isso destinada a profissionais de saúde em diversos contextos relacionais como: interação diádica de proximidade com o cidadão (e.g. centros de saúde; hospitais; ações junto da comunidade;); interação em contextos de educação/ação em saúde pública e saúde ocupacional (e.g. escolas; locais de trabalho); interação em contexto organizacional entre entidades públicas/privadas e os cidadãos (e.g. DGS-Direção Geral de Saúde; ASAE-Autoridade de Segurança Alimentar e Económica)"

"Perceção e Comunicação de Riscos com Consequências na Saúde", "Comunicação, Literacia e Numeracia em Saúde", "Comunicação em Situação de Crise, Emergência Social e Catástrofe" e "Novas Estratégias e Tecnologias de Informação e Comunicação em Saúde" são apenas algumas das disciplinas que compõem o plano curricular da nova Pós-Graduação.