Começa hoje o mais vivo dos festivais

  

NOS ALive

O primeiro dia do Nos Alive propõe nomes tão díspares como Bryan Ferry, Nine Inch Nails, Snow Patrol ou Arctic Monkeys. E isto se tivermos apenas em conta o palco principal dos sete que o Passeio Marítimo de Algés alberga.

O título deste texto não traduz só para português o nome do evento de três dias que hoje arranca. O Nos Alive é "o mais vivo dos festivais" porque é o primeiro a esgotar assim que são anunciados os primeiros nomes do cartaz, é aquele que mais público concentra (em média 45 mil pessoas por dia), é o mais internacional dos seus congéneres lusos (já foi elogiado diversas vezes lá fora como um dos melhores da Europa e por isso chama a atenção dos media e de muitos festivaleiros estrangeiros).

A expetativa é, portanto, muita quanto à festa que hoje começa e que se dispersa por sete palcos, com os registos de comédia, fado (António Zambujo é a grande estrela desta noite), novas bandas portuguesas (no Coreto, sob a curadoria da Arruada) e clubbing igualmente abrangidos, e não apenas o pop e o rock. O Palco NOS acolherá hoje Miguel Araújo, Bryan Ferry, Nine Inch Nails, Snow Patrol e Artic Monkeys, os dois últimos repetentes neste espaço. No Comedy Stage, a plateia pode deliciar-se com o trabalho do street artist português Bordalo II, o tal que dá nova vida a lixo e coisas velhas, criando ali duas instalações que «não pretendem servir de cenário mas antes como espaço de interação com outro tipo de artistas», nas palavras do próprio.

NOS ALive 2

No Palco Sagres, em nada secundário mas apenas menos mainstream, destaque para as atuações de Juana Molina, Wolf Alice, Friendly Fires, Khalid e Blasted Mechanism, banda de culto regressada aos discos com nova sonoridade e um novo vocalista. No Palco Clubbing, sob curadoria de Branko, projetos como Papillon, Paus + Holly Wood e Orelha Negra merecem atenção. Ambos os palcos são direcionados para os mais resistentes, já que os últimos concertos têm início pelas três da manhã.

Este ano, o sempre esgotante regresso a casa poderá estar mais facilitado graças a uma parceria entre a organização da 12ª edição do Nos Alive e a Uber. A empresa terá uma zona física dentro do recinto para dar apoio aos utilizadores durante três dias. Para além disso, a aplicação disponível para smartphone irá sugerir zonas virtuais para facilitar as viagens de regresso a casa. A Uber oferece aos festivaleiros um código promocional que proporciona uma viagem gratuita até 5€ a novos utilizadores: NOSALIVE2018. E desafia ainda os festivaleiros a adicionarem as suas músicas preferidas numa playlist que será partilhada com todos os motoristas de Portugal durante o festival. Esta iniciativa vai permitir que os utilizadores tenham a sua banda sonora favorita na ida e no regresso do festival.